Que fase! Novo time de Luxa é 11º da segundona chinesa, dono do 'milagre da vida' e muita poluição

Nesta quinta-feira, o técnico Vanderlei Luxemburgo chegou à China para ser apresentado pelo desconhecido Tianjin Songjiang, seu novo time a partir de 2016.

 

No Oriente, ele terá que mostrar todos os seus dons para levar a equipe à elite, o que não será mais possível neste ano, já que o clube está em 11º lugar da 2ª divisão faltando quatro rodadas para o fim. Luxa terá carta branca para reforçar o time no ano que vem, inclusive com atletas brasileiros. E dinheiro, pelo jeito, não vai faltar.

 

Em 7 de julho deste ano, o Tianjin Songjiang foi comprado pela Quanjian Natural Medicine, gigante que fabrica remédio de combate ao câncer conhecido como "milagre da vida". No site aliexpress.com, um kit do medicamento pode ser comprado por R$ 6.811,34. Além disso, ela fabrica outros produtos, como perfumes, cosméticos e ítens de casa, mesa e banho.

 

A companhia, que foi fundada em 2004 e afirma trabalhar com produtos naturais e técnicas da milenar medicina chinesa, vai mudar o nome da equipe para Tianjin Quanjian e fazer tudo o que for possível para transformar o clube em uma potência no futebol asiático.

 

"Não importa os custos, a Quanjian é uma companhia de Tianjin e vai sempre apoiar o esporte em Tianjin. Nunca vamos desistir de transformar a cidade em um grande mercado do futebol", declarou o executivo-chefe da farmacêutica, Deng Fei.

 

A prova de que a empresa não está nem aí para os gastos é que em junho deste ano, antes de adquirir o Tianjin Songjiang, o grupo pagou incríveis 66 milhões de yuans (R$ 42,5 milhões) para comprar o meia Sun Ke do Jiangsu Sainty e colocá-lo no Tianjin Teda, o outro time da cidade de Tianjin, que disputa a elite. Foi a maior transferência de um jogador chinês na história, batendo por 10 milhões de yuans o recorde anterior.

 

Por questões burocráticas, porém, o negócio acabou "melando", e a Quanjian resolveu comprar seu próprio time para fazer o que quiser. Resta saber como Luxemburgo irá investir os milhões de yuans que terá para torrar a partir do ano que vem.

 

No elenco, inclusive, já há um jogador brasileiro: o meia Mário Lúcio, camisa 10 e ídolo da equipe, que foi revelado pelo Guarani e passou por times como Santa Cruz e Mogi Mirim antes de se aventurar no futebol chinês.

 

Difícil pra respirar

 

No Tianjin Songjiang, Vanderlei Luxemburgo encontrará uma estrutura bastante aceitável. O time possui estádio próprio e moderno, inaugurado em 2012, com capacidade para 22,3 mil pessoas. No entanto, as condições para a prática esportiva em Tianjin são bastante inadequadas, já que a cidade é uma das mais poluídas da China.

 

Segundo dados da ONG Greenpeace, Tianjin é a 11ª cidade mais poluída do país oriental, num ranking que mediu os níveis em 74 locais.

 

FONTE: ESPN


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!