Comercial surpreende Caldense em Minas e segue com chances no Campeonato Brasileiro

Por Rogério Vidmantas - Gazeta MS

Se o Comercial precisa vencer todos os jogos que restam na Série D do Campeonato Brasileiro para pensar em classificação, o primeiro e mais difícil passo foi dado. 

Neste domingo, jogando no Estádio Ronaldão, em Poços de Caldas, o Colorado surpreendeu o até então líder do Grupo A5, Caldense, e venceu por 2 a 1. Fagner e Andreson marcaram os gols vermelhos, os primeiros que a defesa mineira levou na competição.

Agora com quatro pontos, a situação do time sul-mato-grossense continua crítica, ainda mais com a vitória do Rio Branco-ES, fora de casa, sobre o Operário-MT por 3 a 2. A classificação da chave agora tem Rio Branco e Caldense na liderança com dez pontos, Aparecidense-GO em seguida com cinco, Operário e Comercial com quatro pontos seguem em últimos.

O jogo começou com a Caldense pressionando o Comercial que mal conseguiu passar do meio campo nos primeiros minutos. Éwerton Maradona teve boa chance de abrir o placar aos nove minutos em uma cobrança de falta próximo à área, mas bateu para fora, sem assustar o goleiro Martins. 

O Comercial chegou pela primeira vez aos 12 minutos em chute de Adriano que Neguete, ainda invicto no campeonato, defendeu com segurança. Aos 16, Bruno Paraíba avançou pela direita e cruzou, mas Jéfferson Tanque não conseguiu desviar com precisão e a bola foi para fora.

Caldense voltou a chegar aos 22 minutos com falta cobrada na área por Maradona. Tiago cabeceou e Martins evitou o gol, no contra-ataque, Tanque carregou a bola e tocou para Julio Cesar que bateu para fora, assustando Neguete. 

No minuto seguinte, quase a Caldense marca em falha de Martins, que saiu em uma bola alçada na área e soltou nos pés de Maranhão, mas o atacante chutou para fora. Aos 29 novo contra-ataque comercialino e desta vez o time fez tudo certo. Adriano fez a jogada pela direita e cruzou para Fágner desviar e marcar o gol colorado, o primeiro gol que o goleiro Neguete levou no campeonato.

O gol demorou alguns minutos para ser assimilado pelo time da Caldense e só voltou a atacar com perigo nos últimos minutos da etapa e aos 43 conseguiu igualar o placar. Éwerton Maradona cobrou falta, Tiago Bernardi, que já havia marcado em Campo Grande, dominou por trás da zaga e bateu na saída de Martins. Foi o terceiro gol do zagueiro mineiro no campeonato.

Na volta do intervalo, o técnico Eugênio Souza mexeu no meio campo com as entradas de Diego e Luiz Henrique enquanto Calonga manteve o mesmo time do Comercial. 

O jogo recomeçou sem a mesma intensidade do primeiro tempo e lance de perigo só aos 12 minutos com Jéfferson Tanque que aproveitou vacilo dos marcadores, dominou, mas chutou para fora. A resposta dos mineiros veio com Yuri que tocou para Careca na área, mas a zaga conseguiu desarmar o atacante antes da conclusão.

A Caldense por pouco não marcar aos 26 minutos com Careca. O atacante recebeu o cruzamento de Bigu e bateu para defesa de Martins que desviou para a linha de fundo. 

A resposta do Comercial foi fatal. Em novo contra-ataque, a bola chegou na área e a zaga mineira não conseguiu afastar e no bate-rebate, a bola sobrou para Andreson marcar, recolocando o Colorado na frente. Para piorar, volante Mineiro se machucou no lance e, sem poder mais mexer no time, a Caldense ficou com dez em campo. 

Aos 37 minutos Rodolfo poderia ter ampliado, mas desperdiçou chance incrível perto do gol. Com um jogador a menos, os mineiros perderam poder de ataque e facilitou a situação para o Colorado segurar o placar e conquistar a primeira vitória no campeonato.

A próxima rodada acontece no próximo sábado (22) e a Caldense desta vez não joga. O Comercial recebe o Operário, às 15h, no Estádio Jacques da Luz, em Campo Grande. No Estádio Engenheiro Araripe, em Cariacica, o Rio Branco joga contra a Aparecidense.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!