Com Fla e Flu, Liga Sul-Minas é criada e quer campeonato só com 'grandes'

A Liga Sul-Minas está instituída no futebol brasileiro. Em reunião na manhã desta quinta-feira, na sede do Flamengo, representantes de 13 clubes aprovaram a criação da organização, como confirmou à ESPN Brasil Delfim Peixoto, presidente da Federação Catarinense.

 

Segundo ele, a ideia é que a primeira edição do torneio, a ser disputada já em 2016, reúna dez equipes, duas de cada estado, de acordo com o ranking da CBF. O torneio teria oito datas e seria adaptado ao calendário dos Estaduais.

 

"O estatuto da nova liga, que vai gerir a Copa Sul-Minas junto com as federações, já foi aprovado e vai ser mandado à CBF. Nos próximos 20 dias, o pessoal encarregado vai fazer o regulamento da competição propriamente dita, que terá a participação de dez clubes", disse Delfim.

 

As equipes do torneio seria Flamengo, Fluminense, Cruzeiro, Atlético-MG, Coritiba, Atlético-PR, Grêmio, Internacional, Figueirense e Criciúma. A Liga, contudo, tem como fundadores 13 clubes, com o acréscimo de Avaí, Joinville e Chapecoense.

 

"Com esses dez clubes, serão organizadas oito datas. Como eles jogarão, será definido em nova reunião dentro de 15 dias. Tudo será levado para a CBF e, se aprovado, devidamente registrado", acrescentou o mandatário da Federação Catarinense.

 

Gilvan de Pinho Tavares, presidente do Cruzeiro, foi eleito para comandar a entidade.

 

Delfim Peixoto também falou sobre a possibilidade de mais clubes, de outros estados, como São Paulo, se unirem à liga. "A princípio, seria Sul-Minas, mas houve o interesse desses clubes. Sobre os paulistas, nada impede que eles tenham interesse de participar. Para 2016, acho que é difícil, mas, para o próximo ano, seria até importante a participação deles", afirmou.

 

Por meio de nota, em seu site oficial, o Flamengo afirmou que a liga "representa um importante avanço nas relações entre as agremiações e reforça a necessidade de que os clubes, os verdadeiros promotores do esporte, tenham maior relevância e autoridade na discussão dos rumos do futebol brasileiro".

 

FONTE: ESPN


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!