Após invasão no CT, ABC toma medidas de segurança

A péssima fase do ABC na série B do Campeonato Brasileiro vem provocando a ira da torcida. O atacante Kayke, artilheiro da equipe na competição, teve o carro apedrejado na saída do Frasqueirão após a derrota de 1 a 0 para o Ceará.

 

Com isso a diretoria tomou algumas medidas de segurança para evitar novos atos de vandalismo. Nos próximos dias, o clube contará com a presença de segurança armada, além de câmeras de segurança, cerca elétrica e arame farpado.

 

Marcelo Abdon, diretor de futebol da equipe, condenou as ações das pessoas que tomaram essa atitude.

 

“O que não pode é invadir as instalações do clube e danificar o patrimônio do clube, de jogadores e de diretores. Eu acredito que isso aí não são abecedistas, porque eu conheço a torcida do ABC. Esse tipo de coisa não pode acontecer e o torcedor tem que ter um limite. Poderia ter acontecido um problema mais grave, e eu espero que isso não volte a acontecer. Isso foi coisa de gente covarde. Essas pessoas, na minha opinião, não são torcedores. São marginais travestidos de torcedor. Se alguém estiver com raiva do clube ou de mim venha falar comigo, mas não venha danificar o meu carro. Isso não é papel de homem. É papel de moleque” comentou o dirigente.

 

Com quatro derrotas nas últimas quatro partidas, o time está na 16ª colocação, com 16 pontos em 15 jogos. A próxima partida será contra Bahia, no Frasqueirão, na próxima sexta-feira (31), às 21h30.

 

FONTE: ESPORTE INTERATIVO


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!