Após 7º jogo sem vitória, Guto Ferreira não é mais técnico da Ponte Preta

Um dia depois da derrota para o Figueirense, a Ponte Preta demitiu o técnico Guto Ferreira. A decisão foi tomada após uma reunião da diretoria do clube na tarde desta segunda-feira, marcada para discutir a queda do rendimento da equipe no Campeonato Brasileiro.

 

"Após a reunião que tivemos, a diretoria entendeu que a melhor opção para o momento é realizar a troca do comando técnico do clube. Sabemos da qualidade do trabalho do treinador Guto Ferreira, porém, em virtude dos últimos resultados, optamos em fazer a troca. Agradecemos os serviços deste treinador e sua comissão", disse o gerente de futebol da Ponte Preta, Gustavo Bueno.

 

A segunda passagem de Guto Ferreira no comando da equipe campineira começou em julho de 2014. De lá para cá foram 63 jogos oficiais com 30 vitórias, 17 empates e 16 derrotas.

 

Neste período, a Ponte Preta foi vice-campeã da Série B do Campeonato Brasileiro e foi eliminada nas quartas de final do Campeonato Paulista, perdendo para o Corinthians por 1 a 0 em Itaquera. 

 

"Deixo meu agradecimento a cada um pelas oportunidades que me deram, pelo ano que tivemos de convicência. Agradeço o torcedor que esteve sempre ao lado da equipe, com prós e contras. Acreditava em reversão, mas a vida segue e torço para que quem venha consiga sucesso", declarou Guto Ferreira em sua despedida. 

 

No Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta começou bem, mas perdeu o meia Renato Cajá e caiu na tabela de classificação, com uma sequência de 7 jogos sem vitórias. Atualmente é a 13ª colocada, com 19 pontos, em uma campanha de 4 vitórias, 7 empates e 5 derrotas.

 

O novo treinador deve ser anunciado pelo clube nos próximos dias.

 

FONTE: ESPN


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!